QUARTA-FEIRA, 29 DE JUNHO DE 2022

Últimas Notícias

FONTE: GLOBO.COM - RSS

Acompanhe a transmissão ao vivo e a cobertura em tempo real do São João da Thay


Evento beneficente que reúne cantores, personalidades da mídia e artistas da cultura popular maranhense acontece nesta terça-feira (28), em São Luís. O g1 transmite todos os detalhes ao vivo. Acompanhe a transmissão ao vivo e a cobertura em tempo real do São João da Thay Evento beneficente que reúne cantores, personalidades da mídia e artistas da cultura popular maranhense acontece nesta terça-feira (28), em São Luís. O g1 transmite todos os detalhes ao vivo. Evento reúne artistas da cultura popular maranhense, apresentações de grupos tradicionais do São João e celebridades nacionais.. Esta é a 4ª edição do evento que acontece em São Luís. Toda a renda obtida será destinada para projetos apoiados pelo UNICEF no Maranhão. . Glória Groove, Juliette, Zé Felipe, GKay, Thelminha, Pequena Lô, Bota Pó são algumas das atrações musicais e convidados.. O g1 Maranhão reuniu uma lista com alguns dos convidados do ?São João da Thay?, confira.

Categoria: G1
Data: Quarta feira, 29 de Junho de 2022, 03:12:17 hr

O Assunto #738: MEC - corrupção, acobertamento e CPI


O que começou como denúncia de um esquema de pastores com trânsito no Palácio do Planalto para traficar recursos da educação virou, três meses depois, um pedido de investigação sobre a conduta do presidente da República. E ameaça se transformar em mais uma Comissão Parlamentar de Inquérito no caminho dele - desta vez, a pouca distância das eleições de outubro. Você pode ouvir O Assunto no g1, no GloboPlay, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music, no Hello You ou na sua plataforma de áudio preferida. Assine ou siga O Assunto, para ser avisado sempre que tiver novo episódio. O que começou como denúncia de um esquema de pastores com trânsito no Palácio do Planalto para traficar recursos da educação virou, três meses depois, um pedido de investigação sobre a conduta do presidente da República. E ameaça se transformar em mais uma Comissão Parlamentar de Inquérito no caminho dele - desta vez, a pouca distância das eleições de outubro. Neste episódio, Renata Lo Prete recebe os jornalistas Vera Magalhães e Bruno Tavares. O repórter da TV Globo, primeiro a revelar ligações telefônicas em que o ex-ministro Milton Ribeiro afirma ter sido alertado por Jair Bolsonaro da iminência da operação da PF na qual seria preso, detalha a origem e o alcance das escutas (mais de 1.700 áudios) captadas com autorização da Justiça. Ele também lembra o que acontece agora que a ministra do Supremo Carmem Lúcia acionou a PGR: ?Augusto Aras vê elementos para investigar Bolsonaro? Isso terá que ser dito?. Na conversa com Renata Lo Prete, Vera é cética quanto às chances de o procurador-geral se mexer. Ainda assim, ?essa apuração sobre vazamento de informações e obstrução do trabalho da polícia tem potencial de estrago para Bolsonaro?, avalia a colunista do jornal O Globo, comentarista da rádio CBN e apresentadora do programa Roda Viva, da TV Cultura. A partir da apresentação, nesta terça-feira, do pedido de abertura da CPI do MEC, Vera diz o que esperar do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), de quem depende a instalação. Analisa ainda as movimentações dos governistas para evitar ou, no mínimo, empurrar ao máximo o início dos trabalhos da comissão. O que você precisa saber: Escândalo do MEC: veja a cronologia do caso Milton Ribeiro: por que o ex-ministro da Educação foi preso 'Pressentimento': aliados de Bolsonaro não explicam áudio CPI do MEC: quais senadores assinaram pedido de criação Escândalo do MEC: Moraes pede para PGR se manifestar O podcast O Assunto é produzido por: Mônica Mariotti, Isabel Seta, Tiago Aguiar, Lorena Lara, Gabriel de Campos, Luiz Felipe Silva, Thiago Kaczuroski, Gustavo Honório e Eto Osclighter. Apresentação: Renata Lo Prete. Comunicação/Globo

Categoria: G1
Data: Quarta feira, 29 de Junho de 2022, 01:24:00 hr

Dia do Orgulho LGBTQIA+: anônimos e famosos falam sobre trajetórias em busca de respeito

Assista ao programa desta terça-feira (28), dia em que mundialmente se celebra o amor livre de preconceitos e que marca o combate à homofobia, e veja depoimentos de Ludmilla e Brunna Gonçalves, do jogador de vôlei Douglas Souza e mais brasileiros. Edição de 28/06/2022 Ao redor do mundo, a data de 28 de junho, Dia do Orgulho LGBTQIA+, celebra o amor livre de preconceitos e marca o combate à homofobia, e o Profissão Repórter desta semana entrevistou anônimos e famosos, como a cantora Ludmilla, em busca de histórias que falem sobre a conquista de direitos e a luta por mais respeito. Ao lado da esposa, a bailarina e ex-BBB Brunna Gonçalves, Lud falou com nossa equipe nos bastidores da Parada do Orgulho LGBTQIA+ de São Paulo e também no Rio, onde grava seu novo trabalho. 'É importante as pessoas nos verem como referência de casal', dizem Ludmilla e Brunna Gonçalves 'Esse é o meu papel mais importante, fazer ecoar a voz deles o mais longe possível', diz Ludmilla sobre orgulho LGBTQIA+ 'Tem piadas que fazem que não é piada, pessoas morrem diariamente por causa disso', critica Douglas Souza O jogador de vôlei Douglas Souza, que se tornou muito conhecido ao compartilhar nas redes sociais as rotina nos bastidores da Vila Olímpica durante as Olimpíadas de Tóquio, quando ainda fazia parte da seleção masculina do Brasil, também nos recebeu. Recém-contratado por um clube de São José dos Campos (SP), ele mostrou sua nova casa. Assista ao programa completo acima!

Categoria: G1
Data: Quarta feira, 29 de Junho de 2022, 00:52:22 hr

Ministério Público Federal investiga Pedro Guimarães, presidente da Caixa, por assédio sexual


Guimarães é um dos nomes mais próximos do presidente Jair Bolsonaro e está no cargo desde o início do governo. O caso está sob sigilo. Presidente da Caixa não se manifestou. Funcionárias denunciam presidente da Caixa Econômica por assédio sexual, diz site O Ministério Público Federal (MPF) investiga denúncias de assédio sexual contra o presidente da Caixa, Pedro Guimarães. O caso está sob sigilo. Pedro Guimarães é um dos nomes mais próximos do presidente Jair Bolsonaro e está na presidência da Caixa desde o início do governo. Guimarães costuma acompanhar Bolsonaro em viagens e participava de lives com o presidente. Pedro Guimarães, presidente da Caixa Dida Sampaio / Estadão Conteúdo Mais cedo, na tarde desta terça-feira (28), o site Metrópoles publicou relatos de cinco funcionárias da Caixa denunciando Pedro Guimarães por assédio sexual. A TV Globo confirmou que o MPF investiga as denúncias. NÃO USAR - Pedro Guimarães e Bolsonaro durante cerimônia em 27 de maio em 2020. Reuters/Ueslei Marcelino/File Photo Outro lado A TV Globo tentou contato com Pedro Guimarães, mas ainda não obteve resposta. Ao site Metrópoles, a Caixa disse que ?não tem conhecimento das denúncias apresentadas, que adota medidas de eliminação de condutas relacionadas a qualquer tipo de assédio e que possui canal de denúncias por meio do qual são apuradas quaisquer supostas irregularidades atribuídas à conduta de qualquer empregado, independente da função hierárquica, que garante o anonimato, o sigilo e o correto processamento das denúncias?. À TV Globo, funcionárias da Caixa que preferem não se identificar, relataram o comportamento de Guimarães. Os relatos são parecidos - Leia abaixo: "Eu considero um assédio. Foi em mais de uma ocasião. Ele tem por hábito chamar grupo de empregados para jantar com ele. Ele paga vinho para esses empregados. Não me senti confortável, mas, ao mesmo tempo, não me senti na condição de me negar a aceitar uma taça de vinho. E depois disso ele pediu que eu levasse até o quarto dele à noite um carregador de celular e ele estava com as vestes inadequadas, estava vestido de uma maneira muito informal de cueca samba canção. Quando cheguei pra entregar, ele deu um passo para trás me convidando para entrar no quarto. Eu me senti muito invadida, muito desrespeitada como mulher e como alguém que estava ali para fazer um trabalho. Já tinha falado que não era apropriado me chamar para ir ao quarto dele tão tarde e ainda me receber daquela forma. Me senti humilhada". De acordo com uma funcionária, às vezes o contrangimento era na frente de outros colegas. "Por exemplo, pedir para abraçar, pegar no pescoço, pegar na cintura, no quadril. Isso acontecia na frente de outras pessoas. E, às vezes, essas promessas eram no pé de ouvido e na frente de outras pessoas. mas de forma com que outras pessoas não ouvissem. Segundo ela, o assédio também ocorria nas viagens que o presidente da Caixa faz pelo país. "Comigo foi em viagem, nessas abordagens que ele faz pedindo, perguntando se confia, se é legal. Abraços mais fortes, me abraça direito e nesses abraços o braço escapava e tocava no seio, nas partes íntimas atrás, era dessa forma". Outra funcionária afirma que o presidente da Caixa era insistente. "Eu só fingi que estava bebendo o vinho e tudo e aí ele ele começou a fazer umas brincadeiras. Aí na hora de pagar a conta pediu um abraço. Aí falou: 'Ah'. Eu tentei manter a distância. 'Ah, um abraço maior'. Eu fiquei muito sem graça, que eu já vi que ele já, né? A gente já sabe da fama. Eu sabia da fama dele já, então eu me reservei o máximo possível. E aí ele: 'não, mas abraça direito. Abraça direito, porque é... você não gosta de mim'. Aí na hora que ele, na terceira vez que ele fez eu abraçar ele, ele passou a mão na minha bunda". "E aí. Fora assim, várias fotos. Ele, toda vez que vai tirar foto pega na cintura da gente com uma intimidade que não existe e isso deixa a gente muito constrangida. É muito sem graça assim. Eu me sinto meio violentada mesmo, quando ele tem esse tipo de atitudes, sabe?" Algumas dessas mulheres dizem que simplesmente desistiram de usar o canal de denúncias oferecido pela Caixa. Elas afirmam que souberam de outros casos que não teriam sido levados adiante e contam que as vítimas até sofreram retaliações.

Categoria: G1
Data: Quarta feira, 29 de Junho de 2022, 00:37:02 hr

Monique, mãe de Henry Borel, cumpre decisão de Justiça e se apresenta para voltar à cadeia


Monique Medeiros se apresentou ao 16ª DP (Barra da Tijuca) na noite desta terça-feira (29). A justiça determinou que Monique Medeiros, mãe de Henry Borel, volte pra prisão Monique Medeiros, a mãe do menino Henry Borel, se apresentou ao 16ª DP (Barra da Tijuca) na noite desta terça-feira (28), para voltar a cadeia, conforme determinação da Justiça. Ainda não há informações se ela irá para o Batalhão Prisional da Polícia Militar (PM), em Niterói, ou para a unidade do Corpo de Bombeiros, em São Cristóvão. Mais cedo nesta terça, o desembargador Joaquim Domingos de Almeida Neto, da 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio, determinou que Monique Medeiros volte para a cadeia. Monique e padrasto de Henry, o ex-vereador Dr. Jairinho, são réus pela morte da criança; segundo a polícia, Jairinho torturou o menino, e a mãe sabia. O desembargador acatou um recurso do Ministéiro Público (MP) contra uma decisão da 2ª Vara Criminal do Rio do início de abril que permitiu que Monique fosse solta, usando tornozeleira eletrônica. Monique será levada para o Batalhão Especial Prisional da Polícia Militar do Rio. Monique Medeiros duranta audiência no TJ Divulgação/TJ Brunno Dantas O pai de Henry, Leniel Borel, comemorou a volta de Monique para a prisão: "O sentimento é de justiça sendo feita. Respeitamos a decisão [anterior, que concedeu a prisão domiciliar], mas não concordamos. Graças a Deus temos o Ministério Público, o promotor Fábio Vieira. A decisão foi por unanimidade e não tinha nada de novo." "Os desembargadores dizem que foi uma decisão [da primeira instância] híbrida e confusa, unidirecional. A Justiça não estava sendo feita. E não estou falando só do Leniel como pai, mas como cidadão. Eu luto todo dia por justiça pelo meu filho, para que a verdade apareça... Um ano e 4 meses... Talvez aqueles dois nunca falem", acrescentou. Recurso fala em 'envolvimento' em redes sociais após soltura Na decisão anterior, a juíza Elizabeth Machado Louro manifestou preocupação com ameaças sofridas por Monique dentro da cadeia e disse que a manutenção da prisão "não favorece a garantia da ordem pública". A juíza ainda escreveu que a acusação não imputa utilização de "violência extremada" por Monique e que "não há nos autos nenhuma indicação de que a requerente tenha visto sequer qualquer dos atos violentos". Segundo MP, Monique teve 'envolvimento' com redes após soltura Reprodução A decisão da juíza, entretanto, contrariou a recomendação do Ministério Público, que recorreu. Os promotores enviaram prints que comprovariam que Monique teve "envolvimento" com redes sociais depois da soltura. Também afirmaram que não há embasamento legal ou fático para se permitir a substituição da prisão preventiva por prisão domiciliar. Relaxamento de prisão para Jairinho negado O mesmo desembargador que mandou Jairinho para a prisão, Joaquim Domingos de Almeida Neto, da 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, negou na última sexta-feira (24) um pedido de relaxamento de prisão para o Dr. Jairinho. A defesa do ex-vereador questiona a ação constitucional e o tempo da prisão antes do júri. Além disso, aponta ser desnecessária e arbitrária a prisão de Jairinho, já que Monique foi agraciada com o benefício da prisão domiciliar monitorada. O desembargador diz que o "exame de violação do preceito que assegura ao jurisdicionado o direito à razoável duração do processo deve ser feito caso a caso, não se jungindo apenas à contagem matemática, sendo perfeitamente admissível dilatação que se faça necessária em função das circunstâncias próprias da espécie". Sobre a "desnecessidade da prisão", o desembargador diz que não há provas ou fatos novos no pedido que justifiquem a soltura. Leia Mais: Polícia prende vereador Dr. Jairinho e mãe de Henry Borel pela morte do menino Segunda Turma do STF rejeitou por unanimidade recurso do ex-vereador Jairinho contra prisão VÍDEOS: veja reportagens sobre o caso Caso Henry: veja perguntas e respostas sobre morte do menino no Rio VÍDEO: O que se sabe sobre a morte do menino Henry Borel, no Rio Morte em 2021 Henry de 4 anos morreu no dia 8 de março de 2021 e, de acordo com a denúncia do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), foi vítima de torturas realizadas pelo então vereador Dr. Jairinho. Monique também responde por homicídio triplamente qualificado, tortura e coação de testemunhas. Morte Henry: o que diz o laudo e quais foram as lesões encontradas no corpo do menino Monique e Jairinho foram presos em abril do ano passado. Como o g1 noticiou, o convívio entre presas com as quais Monique dividiu a cela no Complexo Penitenciário de Gericinó, revelou à gestão da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) uma série de denúncias de episódios de violência, acusações e ameaças pelas detentas.

Categoria: G1
Data: Quarta feira, 29 de Junho de 2022, 00:18:03 hr

Zé Vaqueiro se apresenta pela primeira vez no São João de Caruaru


Artista encerrou as apresentações na madrugada desta quarta-feira (29) no Pátio de Eventos Luiz Gonzaga. Zé Vaqueiro no São João de Caruaru Hayale Guimarães/g1 Caruaru O cantor Zé Vaqueiro se apresentou pela primeira vez no palco principal do São João de Caruaru, no Agreste de Pernambuco. O artista encerrou a noite de apresentações na madrugada desta quarta-feira (28), dia de São Pedro. Zé Vaqueiro ficou emocionado na Capital do Forró. " Que experiência poder cantar aqui em Caruaru, é emocionante fazer parte deste São João, é muito especial", expressou o artista. Zé Vaqueiro no São João de Caruaru "Eu Tenho Medo", "Meu Mel", "Volta Comigo Bb" e a nova música "Coisas do Interior fizeram parte do repertório do artista na noite de São Pedro. Zé Vaqueiro no Pátio de Eventos Hayale Guimarães/g1 Caruaru Os festejos juninos continuam na quarta-feira (29) no Maior e Melhor São João do Mundo com shows de Magnatas do Forró, Wesley Safadão, Quinteto Violado e Geraldinho Lins.

Categoria: G1
Data: Quarta feira, 29 de Junho de 2022, 00:17:49 hr

Fã paraense se veste de Chaves e visita clássico hotel em Acapulco; 'desejava essa viagem desde que me entendo por gente'


Thyago Guarani, de 34 anos, realizou um sonho de infância durante viagem à cidade mexicana. Thyago vestido de roupas do Chaves Divulgação As diversões e cenas clássicas de Chaves estão marcadas na memória afetiva dos brasileiros. O seriado mexicano, estrelado por Roberto Bolaños, se popularizou no país mesmo após seu término, na década de 80. Uma prova desse afeto está na realização de um sonho de Thyago Guarani. O paraense, de 34 anos, está hospedado no mesmo hotel dos clássicos episódios três episódios de Acapulco. ?Desejava essa viagem desde que me entendo por gente, ao ver os seriados de Chaves e Chapolin?, comenta. Mas o sonho de Thyago não se resumia em apenas se hospedar no hotel. Ele queria viver uma emoção a mais. O empresário se vestiu de roupas características usadas por chaves e reproduziu algumas poses marcantes do episódio. ?Comprei todas as peças de roupas separadamente, porque se eu comprasse como fantasia a qualidade seria ruim", explica. Reprodução da clássica cena "Boa Noite Vizinhança" Divulgação Thyago diz que algumas coisas mudaram na infraestrutura do hotel. ?Já fazem mais de 25 anos que filmaram. Porém, há coisas que permanecem iguais, como os quiosques na praia, parte da estrutura da piscina e a sacada dos quartos?. O seriado Chaves tem mais de 300 episódios e pela TV brasileira já passou por inúmeros canais, entre abertos e fechados. As constantes reprises fizeram da série um marco no dia a dia de jovens e adultos. "A série esteve presente em grande parte da minha vida. Me fez rir em momentos tristes e estava lá em algum período do meu dia. Lá também aprendi lições de vida que vou carregar, como: a vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena; as pessoas boas devem amar seus inimigos?, relembra. Fã paraense se veste de Chaves e visita clássico hotel em Acapulco Thyago chegou à cidade de Acapulco no dia 26 de junho. A viagem ao país mexicano faz parte de um projeto gastronômico pessoal. ?Estou com um projeto gastronômico atualmente que inclui a comida mexicana. Então uni o sonho, o útil ao maravilhoso?, afirma. O empresário tem uma food bike de comida de rua chamada ?Mirakuru Street Food?. ?A intenção da pesquisa in loco é ver o que se pode adequar com nossos ingredientes de Belém para servir a comida o mais próxima possível da comida daqui?, diz Thyago Guarani. VÍDEOS: veja todas as notícias do Pará Confira outras notícias do estado no g1 PA

Categoria: G1
Data: Quarta feira, 29 de Junho de 2022, 00:03:55 hr

Mulher sofre tentativa de assalto em shopping em Belém

Ação ocorreu no estacionamento do shopping Boulevard. Uma mulher foi vítima de uma tentativa de assalto na tarde desta terça-feira (28), no shopping Boulevard, em Belém. A ação ocorreu no estacionamento do local. Segundo a vítima, logo após estacionar o carro no subsolo do estabelecimento, um homem entrou no veículo pelo lado do passageiro. Ao perceber de imediato a ação, a mulher conseguiu sair do carro e pedir ajuda. Em nota, o shopping Boulevard informou que ?tomou ciência do ocorrido e ressaltou que dispõe de efetivo de segurança em todos os pisos de estacionamento, com rondas, além de circuito fechado de TV?. O shopping Boulevard também disse que ? já fez o levantamento das informações necessárias a fim de contribuir para a elucidação do caso?. A Polícia Civil informou que, até o momento, não há registro sobre o caso. VÍDEOS: veja todas as notícias do Pará Confira outras notícias do estado no g1 PA

Categoria: G1
Data: Quarta feira, 29 de Junho de 2022, 23:57:17 hr

Sine oferta empregos em 11 áreas em Macapá e Santana; veja as vagas para 29 de junho


Interessado pode enviar currículo por e-mail ou ir presencialmente na Casa do Trabalhador. Carteira de trabalho Jorge Júnior/Rede Amazônica O Sistema Nacional de Emprego no Amapá (Sine-AP) oferta oportunidades de empregos para Macapá. O número de vagas está disponível de acordo com as empresas cadastradas no Sine e são para todos os níveis de escolaridade e experiência. O Sine recebe currículos presencialmente das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira, na Casa do Trabalhador (endereço: Avenida Mendonça Júnior, entre as ruas Paraná e Marcelo Cândia, no Santa Rita). Os interessados também podem encaminhar currículo, citando o emprego desejado, por e-mail, para o endereço: sinetrabalhador@sete.ap.gov.br. Trabalho e carreira: veja lista de concursos públicos, processos seletivos e vagas de trabalho no estado As oportunidades estão disponíveis apenas para o dia divulgado. Veja as vagas ofertadas de acordo com as solicitações das empresas. Macapá auxiliar de cozinha auxiliar administrativo cozinheiro cuidador de idoso garçom técnico em laboratório vendedora interna vendedor porta a porta auxiliar de limpeza (para pessoa com deficiência) Santana empregada doméstica (mínimo de 6 meses de experiência) vendedor externo (mínimo de 6 meses de experiência Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá VÍDEOS com as notícias do Amapá:

Categoria: G1
Data: Quarta feira, 29 de Junho de 2022, 23:56:42 hr

Pastor investigado por supostos desvios do MEC ora por ?vitória financeira em tempo de crise? durante culto


Na semana passada, ele foi alvo de operação da PF que apura corrupção e tráfico de influência no Ministério da Educação. Vídeo mostra momento da oração que foi realizada a fiéis de igreja em Goiânia. Pastor investigado por supostos desvios do MEC ora por ?vitória financeira' durante culto O pastor Gilmar Santos, que é investigado por supostos desvios no Ministério da Educação (MEC), orou por "vitória financeira em tempo de crise, durante culto realizado nesta terça-feira (28), em uma igreja de Goiânia. Vídeo mostra o momento da oração que foi realizada a fiéis de uma igreja da capital. "Glória a Deus, sejamos abençoados financeiramente, Deus nos dê vitória financeira nesse tempo de crise", disse o pastor. Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Telegram A fala de Gilmar Santos aconteceu durante um culto no Ministério Cristo para Todos, em Goiânia, e foi transmitida pelas redes sociais do pastor na noite de terça-feira (28). O pastor também publicou trecho da oração em suas redes sociais. Mesmo tendo sido solto há apenas seis dias, o pastor não comentou sobre a prisão ou a investigação durante a oração. O g1 pediu uma nota ao Ministério da Educação no sábado (25), às 9h, por e-mail, sobre a suposta influência que o pastor teria na pasta e aguarda retorno. Na época em que o escândalo foi revelado, o religioso negou participação. LEIA TAMBÉM VÍDEO: Pastor suspeito de participar de gabinete paralelo do MEC cobrou fiéis por reforma em igreja horas antes de operação da PF Preso em ação que apura desvios no MEC, ex-assessor da Prefeitura de Goiânia foi exonerado por não ir trabalhar Genro de pastor investigado por desvios no MEC, ex-assessor da Prefeitura de Goiânia recebeu propina de R$ 30 mil, diz MPF Pastor Gilmar Goiânia Reprodução/Instagram 'Amigos do pastor Gilmar' Gilmar Santos é um dos investigados por suposto envolvimento em um esquema para liberação de verbas do Ministério da Educação para municípios ? em que, segundo prefeitos, houve pedidos de propina para liberação de verba da pasta. A atuação de Gilmar e do também pastor Arilton Moura no Ministério da Educação ? mesmo sem terem cargos no órgão ? foi revelada pelo jornal "O Estado de São Paulo" em março. Dias depois, o jornal "Folha de S.Paulo" revelou uma gravação em que o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro disse, à frente do ministério, tinha como prioridade "atender primeiro os municípios que mais precisam e, segundo, atender a todos os que são amigos do pastor Gilmar", em referência a Gilmar Santos. Segundo o ex-ministro da Educação, a atender a todos os que são amigos do pastor Gilmar foi um pedido do presidente Jair Bolsonaro (PL). A PF abriu um inquérito para investigar o caso e, na semana passada, fez buscas e prendeu Gilmar, Arilton, o ex-ministro Milton Ribeiro, o ex-assessor do MEC Luciano Musse e Helder Diego da Silva Bartolomeu, genro do outro pastor, Arilton Moura. Todos foram soltos após uma decisão do desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1). Segundo as investigações da Polícia Federal, o pastor Arilton Moura pediu R$ 100 mil ao empresário José Edvaldo Brito, em troca da realização de um evento em Odessa com a participação de Milton Ribeiro, então ministro da Educação. O empresário disse que fez os depósitos a pedido do pastor Arilton Moura. Segundo ele, os recursos seriam para ações filantrópicas. Documentos enviados pelo empresário José Edvaldo Brito à Controladoria-Geral da União (CGU) mostram a realização de depósito de R$ 17 mil na conta de Wesley Costa de Jesus, genro do pastor Gilmar Santos, e de R$ 20 mil para Musse (o ex-assessor do MEC); e R$ 30 mil Bartolomeu. O evento do ministro Milton Ribeiro com prefeitos da região de Nova Odessa, aconteceu em 21 de agosto, 16 dias depois dos pagamentos. Veja outras notícias da região no g1 Goiás. VÍDEOS: últimas notícias de Goiás

Categoria: G1
Data: Quarta feira, 29 de Junho de 2022, 23:30:36 hr

VÍDEOS: JL2 desta terça-feira, 28 de junho de 2022


Confira os destaques do JL2 desta terça-feira, 28 de junho de 2022 Confira os destaques do JL2 desta terça-feira, 28 de junho de 2022

Categoria: g1
Data: Quarta feira, 29 de Junho de 2022, 23:19:40 hr

O impressionante momento em que homem escapa de explosão sob seus pés

Câmera de segurança flagrou momento em que máquina para instalar postes atinge um cano de gás. Um homem estava instalando postes em Derbyshire, na Inglaterra, quando sua máquina rompeu um cano de gás. O corpo de bombeiros local disse que ele escapou ileso, "apenas um pouco abalado". VEJA NO VÍDEO ACIMA.

Categoria: G1
Data: Quarta feira, 29 de Junho de 2022, 23:13:56 hr

Cabo Frio e São Pedro da Aldeia terão programação pelo Dia de São Pedro

Em São Pedro da Aldeia, programação será aberta nesta quarta (29) com alvorada festiva às 6h, seguida de missas, procissão marítima e terrestre, além de festa com barraquinhas. Em Cabo Frio, evento segue até domingo com missas e atrações musicais. As cidades de Cabo Frio e São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio, estão com extensa programação religiosa para celebrar o Dia de São Pedro, comemorado nesta quarta-feira (29). Em São Pedro da Aldeia, que tem o santo como padroeiro da cidade, a programação ocorrerá ao longo desta quarta. Já em Cabo Frio, que também comemora o Dia de São Paulo, terá celebração na quarta, sexta (1º), sábado (2) e domingo (3). Programação em São Pedro da Aldeia Em São Pedro da Aldeia, a celebração, nesta quarta, começa às 6h com alvorada festiva. Às 8h e 10h terá a celebração da Santa Missa na igreja Matriz Histórica, localizada na Praça Agenor Santos, no centro da cidade. Já às 16h, está prevista a tradicional procissão marítima, saindo da Capela de São Pedro, no Porto da Aldeia, em direção ao píer central da Praça Hermógenes Freire da Costa. Vão participar os barcos que já estão devidamente cadastrados. Do píer, a imagem de São Pedro seguirá em procissão terrestre até a Matriz Histórica de São Pedro, onde será realizada a missa às 18h, que comemora também o aniversário de ordenação de sacerdotal do Padre Nelson. À noite, a população vai poder aproveitar as comidas típicas disponíveis nas barraquinhas em frente à Igreja Matriz. No município de São Pedro da Aldeia, o dia do padroeiro é feriado municipal, de acordo com a Lei Nº 270/85. O que terá sem São Pedro da Aldeia Quarta-feira (29) 6h ? Alvorada festiva 8h - Santa Missa 10h ? Santa Missa 16h ? Procissão Marítima 17h15 - Procissão terrestre 18h - Santa Missa 19h - Barraquinhas com petiscos e música ambiente Programação em Cabo Frio Já em Cabo Frio, a celebração pelo Dia de São Pedro e São Paulo vai ocorrer na comunidade católica do bairro Aquarius, em Tamoios, distrito da cidade. Segundo a Prefeitura, que apoia o evento, a festa religiosa e cultural é de grande relevância para o fomento ao turismo religioso. As atividades começam nesta quarta-feira (29), com missa e procissão, e vão até o fim de semana com programação festiva. Nesta quarta, a missa ocorre às 19h, na sede da paróquia, na Rua da Torre, em Aquarius, seguida de procissão pelas ruas do bairro e retornando para a igreja. De sexta (1º) a domingo (3) vai ter quadrilha junina, pescaria, pula-pula e atrações musicais religiosas da comunidade. Shows Na sexta-feira (1º), o show fica por conta dos Discípulos da Cruz. No sábado (02), é a vez dos Filhos de Maria, de São Gonçalo. Fechando a programação, no domingo (03) a atração será o Infinito Louvor. A secretária de Turismo de Cabo Frio, Katyuscia Brito, explica que a festa reforça os atrativos culturais do distrito de Tamoios e garante que as memórias da comunidade se mantenham e se fortaleçam ao longo do tempo. ?Fomentar o turismo religioso é uma das ferramentas para garantir a geração de renda e a preservação do ativo cultural de Tamoios. As comemorações de São Pedro e São Paulo são de grande relevância para as comunidades envolvidas?, comentou. O padre João Gabriel, pároco da igreja que leva o nome dos santos católicos, São Pedro e São Paulo, conta que a festa é tradicional para os moradores e que, após o período de pandemia, estão empenhados em fazer uma celebração repleta de beleza e animação. ?As festas da paróquia sempre visam o aprofundamento da fé, uma demonstração pública, mas também um momento de confraternização. A festa de um padroeiro de uma comunidade é sempre um momento de muita graça para toda a paróquia. Que todos se sintam motivados para participarem conosco nesse momento de fé e alegria?, disse o pároco.

Categoria: G1
Data: Quarta feira, 29 de Junho de 2022, 23:08:22 hr

Belém registra queda no número de mortes violentas em 2021, mostra Anuário


Capital paraense tem o menor registro de mortes violentas das regiões norte e nordeste do país Agentes da Polícia Civil do Pará Agência Pará Belém teve redução de 12,9% nas Mortes Violentas Intencionais, quando comparado os anos de 2020 e 2021. Os dados são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgados nesta terça-feira (28). Em 2020, Belém registrou 384 casos e, em 2021, caiu para 336 casos. O resultado coloca a cidade como a menos violenta das regiões norte e nordeste do país. Os números divulgados pelo Anuário compõem as chamadas mortes violentas intencionais, ou seja, os homicídios, os latrocínios, as lesões corporais seguidas de morte e as mortes cometidas pela polícia. Em 2018, Belém ocupou a primeira posição, como a capital mais violenta do Brasil. No estudo feito pelo Anuário, a cidade caiu para a 16ª posição. O Pará também apresentou queda e está entre os 14 estados brasileiros com redução de crimes violentos. A redução foi 38,96%, entre os anos de 2021 e 2018, que computaram 2.881 e 4.720 casos de MVI (Mortes Violentas Intencionais), respectivamente. Para o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado, Belém passa a ser agora a capital menos violenta das regiões norte e nordeste do Brasil, visto que todas as outras cidades com índices menores estão em outras regiões. ?Esse resultado demonstra a assertiva nas ações realizadas, mas também a consciência de que, se conseguimos chegar na capital em uma média inferior a nacional, precisamos e devemos chegar com indicadores menores ainda já alcançados?, afirma. Queda em nível nacional O Brasil teve queda de 6% no número de mortes violentas em 2021, segundo informações do Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Foram 47,5 mil mortes no ano passado, contra 50,4 mil em 2020. Com isso, o país atingiu o patamar mais baixo desde 2011, quando foram registradas 47,2 mil mortes violentas. A queda nos assassinatos no país foi antecipada pelo Monitor da Violência em fevereiro. O percentual aferido foi próximo: 7%. O número não incluía, porém, os casos de mortes por intervenção policial, cujo balanço foi divulgado separadamente. VÍDEOS: veja todas as notícias do Pará Confira outras notícias do estado no g1 PA

Categoria: G1
Data: Quarta feira, 29 de Junho de 2022, 22:51:36 hr
GMAD MADVILLE SUPRIMENTOS MOVEIS LTDA
Fone: 47 3441-0023
Atacadista
MEDEIROS E MEDEIROS LTDA
Fone: 66 3521-3598
Manutenção
GEROTTI E HERNANDES LTDA
Fone: 67 3522-0811
Varejista
TECNO CRISTAL COMERCIO DE VIDROS E FERRA...
Fone: 61 3024-3335
Varejista
CASA DAS FERRAMENTRAS DE ITAPERUNA EIREL...
Fone: 22 3022-1065
Varejista
ELZA ALBERICO
Fone: 47 3363-4282
Varejista
B C CONFEITARIA LTDA
Fone: 98 3247-9952
Varejista
DEPOSITONOSSOGAS EIRELI
Fone: 69 3631-2901
Varejista
HOME | BUSCAR | ANUNCIE | NOTÍCIAS | SOBRE NÓS | CONTATO
TAGS MAIS BUSCADAS: PRONTOSUL | PRONTOSUL CENTRO MEDICO LTDA | martins comercio | MARTINS | emporiun | P H P COMERCIO DE PRODUTO | EMPORIUN ROMA | ginecol | A G | Moraes | autofalante | Fernanda | HORTTI FRUTTI | HORTTI FRUTTI | DET | FRUTERIA COMERCIO | 1258 | rei do bacalhau | SUPERMERCADO PIENEGONDA | RADIUS | w a | cilene | express car | A G DA COSTA |
Este site obteve 399416 acessos de 13/05/2022  -   Página gerada em 0.64 segundo(s)

© 2022   -Portal Public Online -  Todos os Direitos Reservados.     Designer & Programador: Rede System - Internet Solution